Configure o resumo: summary_noimg = Número de caracteres do resumo caso não tenha imagem na postagem; summary_img = Número de caracteres do resumo caso tenha imagem na postagem; img_thumb_height = Altura da imagem em px; img_thumb_width = Largura da imagem em px.

Fontes de Vida




A água é uma necessidade universal para a vida humana, mas em algumas situações a sede é uma trágica realidade da vida cotidiana em alguns lugares do mundo. De forma geral podemos usar a sede como metáfora as nossas necessidades e desejos profundos.

Agostinho afirmou: “Tu nos criaste para ti mesmo, e nosso coração não encontrará repouso enquanto não descansar em ti”. Sempre buscando, mas nunca satisfeita a alma vazia vai de um objetivo a outro, sempre incapaz de achar algo que consiga preencher o vácuo do tamanho de Deus que existe em nossos corações.

Em João 7.37 Jesus faz um convite: “Se alguém tem sede, venha a mim, e beba”. Diante desse convite precisamos ponderar alguns pontos:
·         Não podemos negar nossa sede espiritual, fazer isso é tão perigoso quanto ignorar nossa sede física. Todos temos sede!

·         Gostaria de pensar em três tipos de sede: sede da alma vazia (que nunca bebeu das aguas de Deus), sede da alma árida (já bebeu dessa agua, mas esta longe da fonte) e a sede da alma saciada( aquele que já experimentou dessa água e deseja beber muito mais).

·         Deus nos coloca a sede espiritual a fim de poder saciá-la.

·         A pergunta é, onde temos procurado matar a nossa sede?

·         Jesus em nos dá a entender que existem outras fontes, pois Ele diz, “venha a mim”, isso fica mais claro ainda quando lemos Jeremias 2.13 “Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.
·         Somente Ele pode saciar a nossa sede, independente de que tipo ela possa ser.

Todo aquele que bebe dEle, se torna uma fonte: “Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”. Jo. 7.38.

Todo aquele que bebeu dessa água precisa fazer a diferença onde está sendo uma fonte de graça nesse mundo sedento. Temos que fazer o que é certo, pois até mesmo dentro das igrejas não se tem feito o que é certo, temos sido muitas vezes guiados por enganos e mentiras. Precisamos ser fontes de graça e isso envolve perdão, salvação, regeneração; o arrependimento e o amor a Deus. Isso muitas vezes nos chamamos de misericórdia e outras dezenas de vezes de “bondade, longanimidade, ou seja os frutos do Espírito Santo.

Mas somente com o auxilio do Espírito Santo somos capazes tanto de beber como de ser uma fonte. É necessário que o Espírito Santo forme em nós o novo homem, a nova mulher, portanto precisamos lhe pedir com fervorosas súplicas que nos conceda esta graça; porque sem a presença do Espírito Santo ficaremos sempre como somos.

O que nós mais precisamos é de intimidade com Deus. É na intimidade com Deus que o líder é capacitado com as principais e mais poderosas armas espirituais: unção, autoridade, revelação, vida, poder, frutos.... essa intimidade vem através da leitura da palavra de Deus e de uma vida de oração.

Busque a Deus meu querido(a), não fique a margem daquilo que Deus esta fazendo nesses últimos dias. Reconheça a sua sede e vá a fonte, pois Ele é uma fonte que nunca se seca.

Escrito por: Rodrigo Morais 

2 comentários:

  1. Bruno Rafael Stangret27 de setembro de 2011 14:45

    Tremendo essa palavra só Jesus para saciar nossa sede. Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  2. Tremendo esse texto e uma realidade hoje. que precisa ser mudada

    ResponderExcluir